8 de abril de 2008


{ tudo na vida é digestão.
uma morte, uma dor, uma alegria exacerbada.
Aquele amor engarrafado, aquela memória que não sai do consciente:
{e aquela outra que a gente sabe, no íntimo, que o inconsciente pescou}

Um sonho impossível, se é que eles existam;

uma frustração, uma piada;
um jogo de pa-la-vras, verbalizado ou não.
se não der pra digerir tudo na vida,
engula a seco que o tempo trata de fazer o resto.
só não pode mastigar, mastigar, mastigar
e cuspir como quem renega sua própria origem.



A vida é um prato que se come quente,

e saber degustá-la é uma arte milenar

que podemos escolher morrer sem aprender,
ou tratar como um ensinamento de mestre...
Os acontecimentos saem do forno esperando aprovação ou repulsa.

Revezam entre sabores e dissabores tão intensos e merecem a devida atenção {!}

Só não se esqueça que quem preparou a receita foi v o c ê.



El grand chef: o homem }

Marina Cruz

É Psicóloga por formação, Educadora por vocação e Falartista por opção.

7 comentários

  1. gelas imagens, moça.. gostei da alegoria do amor engarrafado e da idéia da vida como uma refeição.. se me permite, acrescento que, na tarefa irremediável de saborear esse prato (às vezes sem sal) é impossível não queimar a língua..
    obrigado pela visita..
    voltarei mais vezes
    parabéns pelo blog

  2. ops.. que gafe! no início do comentário eu quis dizer BELAS imagens..
    rsrsrs

  3. Este comentário foi removido pelo autor.

  4. Docees palavras.

    [Existem palavras que temperam e adocicam a vida. Adivinha aonde é que eu vou correndo a partir de agora quando minhas receitas disandareem? ;)]

    Amo você mulheer!

  5. Ola pequena mia...
    Tudo bom?

    Caracole, como alguém consegue escrever tanto em tão pouco tempo, amei os textos.. perfeitos.

    Ual.. que gostinho que é vida né, tudo uam mistura de sabores e sensações unicas, as vezes vc enjoa e quer parar de "comer" tal coisa, mas logo depois ta morrendo de vontade de "comer" de novo..hahaha

    Bom amore, espero o proximo texto ansciosamente ^~

    Amo-teeeeeee, muitão.

    Beijos

  6. Oiii. :]

    Que fofo o seu comentário! Muito obrigada pelas palavras.

    Gostei muitíssimo daqui. Você escreve muito bem. Vou te linkar também.

    Beijitos.

  7. A vida é um prato que se come quente,

    e saber degustá-la é uma arte milenar



    Como vi certa vez não lembro aonde, seja quente ou seja frio , s´não seja morno.
    coisas mornas eu vomito.






    lindo texto, simples sábias e sinceras palavras minha linspector do sec. XXI